5 erros bobos que comprometem a segurança em condomínios

5 erros bobos que comprometem a segurança em condomínios

Quem escolhe morar em um condomínio tem como principal motivação a segurança que ele oferece. No entanto, investir em alta tecnologia e câmeras de última geração já não é mais suficiente para garantir a segurança em condomínios. Além desses requisitos, é necessário que os próprios moradores também adotem hábitos básicos que possam garantir a segurança de todos.

Tornar o local em que vivemos seguro ainda é um grande desafio, porém, algumas mudanças de comportamento podem ser o segredo para evitar possíveis assaltos e invasões. Para quem mora em um condomínio é importante ressaltar que a segurança se torna uma responsabilidade de todos, e não somente do porteiro que está presente na recepção.

Por isso, para evitar esses momentos de vulnerabilidade, conheça 5 erros bobos que podem comprometer a segurança em condomínios.

Distrair com celulares e televisão na portaria

Para que um ladrão invada um condomínio, basta uma única distração. Por esse motivo, não permita que o porteiro se distraia facilmente com celulares ou televisão, já que a própria rotina de trabalho exige bastante atenção na recepção para a correta identificação de pessoas. Vale lembrar que, ao estar distraído, o porteiro poderá ser facilmente rendido e não terá condições de alertar os moradores e chamar as autoridades.

Deixar a portaria sem nenhum outro responsável

Em um condomínio é sempre necessário disponibilizar um porteiro responsável pelo turno diurno e noturno. No entanto, para manter impecável a segurança em condomínios é recomendado que em nenhum momento a portaria fique desocupada, principalmente, na troca de turnos entre os porteiros.

Esse é um dos erros prediletos dos assaltantes, já que sua entrada pode ser despercebida e facilitada. Caso seja necessário a saída do porteiro por alguns instantes, chame outro profissional capacitado para permanecer na recepção e fazer a vigilância necessária.

Deixar o portão aberto comprometendo a segurança no condomínio

Quantas vezes você já deixou o portão aberto do seu condomínio? Essa prática é muito comum entre os moradores, porém, pode favorecer a entrada de estranhos e pessoas mal intencionadas. Nesse caso, não será apenas o porteiro responsável pelo erro, mas também aquele que, por um grave descuido, colocou a segurança de todos em risco.

Para evitar futuros problemas, certifique-se que o portão está trancado e recomende a direção do condomínio colocar portas resistentes ou automáticas, que facilitem seu fechamento.

Liberar a entrada de estranhos sem autorização

Para preservar a segurança de todos no condomínio é importante que o porteiro não libere a entrada de pessoas sem a devida autorização. Mesmo diante de um alto fluxo de pessoas, é necessário entrar em contato com o morador, assim como anotar todos os dados de pessoas que adentraram ao condomínio.

No entanto, lembre-se de que esse cuidado também vale para prestadores de serviços, como carteiros, entregadores, montadores, etc. Qualquer pessoa precisa ser identificada, inclusive é ideal prestar atenção em comportamentos que possam ser estranhos ou suspeitos.

Não identificar todos os carros que adentram ao condomínio

Mesmo que você more neste condomínio há 20 anos e o porteiro já tenha decorado até mesmo a placa do seu carro, é necessário se identificar na portaria. Essa medida de segurança é de extrema importância, já que qualquer morador pode ser rendido antes de entrar no condomínio e, assim, o ladrão poderá estar dentro do seu carro. Por isso, peça para que todos os moradores abaixem o vidro e se identifiquem, um simples gesto como esse pode evitar graves conflitos.

Anotou todas as dicas para manter a segurança em condomínios? Lembre-se que são erros como esses que podem facilitar a entrada de ladrões em nosso lar. Você conhece outro erro que pode ajudar as pessoas a se protegerem? Deixe seu comentário!