A biometria é o método mais moderno e seguro para controle de acessos em portarias de prédios comerciais ou condomínios. (Foto: Reprodução / Internet)

 

Uma das coisas que as pessoas mais priorizam e valorizam é a segurança. Nos dias de hoje não podemos nos dar ao luxo de conversar com todos, abrir as portas da nossa casa ou empresa para estranhos sem nem mesmo saber quem são e de onde vieram e muito menos deixar nossa família exposta a qualquer tipo de risco desnecessário.

A Solid Invent possui um Software onde é possível cadastrar os usuários com suas informações pessoais (RG, CPF, ENDEREÇO, TELEFONE…) , e vincular ao seu cadastro a sua Biometria, assim facilitando e agilizando os acessos e deixando registrado em sistema todas as entradas e saídas com datas e horários.

 

Controle absoluto!

Saber quantas pessoas acessaram um condomínio ou um estabelecimento comercial se tornou uma necessidade nos dias atuais. Esse controle se dá por meio de diferentes máquinas e sistemas, sendo os mais comuns deles através de portarias com catracas para pedestres e totens de segurança com liberação de cancelas para os veículos.

Através desses sistemas de controle de acesso é possível distinguir uma pessoa de outra e saber a data que ela compareceu ao local, a hora exata e por quanto tempo permaneceu por lá. Em sistemas mais completos, é possível cadastrar também alguns dados pessoais do indivíduo como nome, contato, documentos como RG e CPF, fotos, entre outros.

Se a pessoa acessar o local de carro, é possível  obter os dados cadastrais do seu veículo como placa, nome do carro, cor, etc.

 

Que tipo de controle de acesso eu posso utilizar na minha empresa?

controle de acesso Solid Invent

Conheça os principais meios para controle de acesso por catracas e portas (Foto: Solid Invent)

 

Sabe quando você vai a uma entrevista de emprego em algum prédio comercial ou em uma consulta médica em uma clinica particular e antes de entrar precisa passar na portaria, entregar seu documento e fazer um cadastro? Esse é o método mais comum de controle de acesso nas portarias dos prédios, tanto comerciais quanto residenciais.

Para saber o fluxo de pessoas que entram e saem daquele ambiente diariamente ou guardar informações de colaboradores e visitantes, usa-se catracas ou portas, que permitem a liberação através da portaria ou por outros meios de identificação.

 

Tecnologia presente no dia a dia

controle de acesso

Muito mais agilidade e tecnologia para funcionários e colaboradores  (Foto: Reprodução / Internet)

 

Imagine só se você trabalhasse como segurança ou recepcionista na portaria de algum prédio e precisasse ficar todo o seu expediente anotando o nome das pessoas que entram e saem ou apertando um botãozinho para liberar o acesso das mesmas no prédio.

Agora imagine se esse prédio comercial fosse localizado na Avenida Paulista, por exemplo, onde o fluxo de pessoas é bastante intenso quase o dia todo. Não seria bem mais fácil que algum sistema fizesse esse trabalho por você e que te deixasse livre para cuidar de outros assuntos durante seu expediente?

Pensando não somente na segurança, mas também em facilitar a vida dos colaboradores e das pessoas em geral, a Solid Invent criou um sistema único de qualidade e tecnologia, capaz de fazer todo o trabalho rotineiro com eficiência, sem deixar nenhuma informação passar despercebida ou pessoas não cadastradas terem acesso ao estabelecimento.

 

Tipos de acesso

Existem vários tipos de liberação de acesso aos prédios e a mais comum delas é o cartão de colaborador, residente ou o cartão de visita por código de barras. Porém, apesar de esse ser o método mais utilizado pelos prédios comerciais e residenciais, hoje em dia temos diferentes meios, talvez até mais eficientes e que garantem uma segurança maior para o local, sendo dois deles:

Senhas – Outro método bastante comum para a liberação de acesso é o teclado. Nele, a pessoa insere sua senha, que é única e deve ser intransferível, para poder ser liberada sem demora.

Biometria – A biometria é o mais moderno e o mais indicado tipo de liberação de acesso para catracas e portas de segurança. Ao escolher esse método, tanto o usuário quanto a empresa são beneficiados, pois a digital exclui o uso de cartões ou senhas, que podem ser perdidos ou esquecidos. Além disso, o cadastro biométrico é eficiente, pois somente a pessoa que tem a digital cadastrada terá acesso ao prédio, diferente de cartões ou senhas, que, apesar de serem únicos, podem ser transferidos, trocados ou até roubados.