5 técnicas de gestão do tempo que você precisa conhecer

5 técnicas de gestão do tempo que você precisa conhecer

Saber gerir o tempo adequadamente é fundamental para conseguir otimizar a rotina e ser mais produtivo. Apesar disso, muitas pessoas têm dificuldade de se organizar e aproveitar melhor o dia. Por isso, apresentamos algumas dicas de técnicas de gestão do tempo, que podem ser colocadas em prática de forma simples e até mesmo simultaneamente.

Quer saber quais são elas? Então continue acompanhando a leitura e confira agora mesmo!

1. Criação de listas de tarefas

Esse é um dos primeiros passos — e um dos mais simples — para otimizar a gestão do tempo. Consiste na elaboração de uma lista com todas as atividades que precisam ser realizadas e sua classificação, de acordo com a urgência e importância. Dessa forma, as tarefas mais críticas ficam no topo, enquanto as menos relevantes são colocadas no final da lista.

Nesse caso, só é preciso ter o cuidado de gerenciar essa lista adequadamente, pois uma tarefa aparentemente irrelevante pode acabar virando urgente e crítica depois de um tempo.

2. Técnica de pomodoro

A técnica de pomodoro é muito conhecida quando se fala de gestão do tempo. Talvez esse reconhecimento se dê pelo fato de ser bem simples e eficaz. Para aplicá-la, é necessário elaborar uma lista de atividades e controlar o relógio — cada pomodoro dura 25 minutos e, no final desse tempo, deve-se fazer uma pausa de cinco minutos. Ao completar um bloco de quatro pomodoros, esse tempo de parada é de 15 minutos.

Porém, para que ela seja mesmo eficaz, é preciso eliminar as distrações — e-mails, telefone, redes sociais, entre outras — e gerenciá-las apenas nos intervalos de descanso.

3. Gestão do tempo com post-its

O post-it também é uma forma muito eficaz de gerenciar tudo o que precisa ser feito, já que ele deixa à vista todas as tarefas. Para uma melhor visualização, é possível usar cores diferentes, que vão destacar cada atividade de acordo com a prioridade. À medida que forem resolvidas, os posts-its podem ser removidos ou substituídos.

4. Mapas mentais

Eles servem para organizar os pensamentos, registrando as informações de maneira mais estruturada. Sendo assim, em vez de fazer anotações lineares — como quando se escreve em um caderno —, o mapa mental considera as informações como um todo, separando-as em diversos níveis e facilitando o entendimento das ideias e as relações entre si.

As vantagens de adotar esse método são que ele proporciona maior agilidade na hora de fazer as anotações, ajuda a resumir as informações, facilita a adição de novas ideias — mesmo após o mapa ter sido estruturado — e permite que imagens e cores sejam utilizadas para organizar melhor cada registro.

5. Utilização de aplicativos

Também é possível contar com a tecnologia para otimizar a gestão do tempo. Existem aplicativos — muitos deles gratuitos — que permitem criar listas, fazer anotações, gerenciar interrupções, criar lembretes, entre outras coisas. Eles podem ser grandes aliados de outras técnicas. É possível utilizar, por exemplo, um cronômetro no celular para ajudar a controlar o tempo do método pomodoro.

Como você pode ver, com algumas ferramentas simples e uma mudança na rotina, é possível otimizar a gestão do tempo e se tornar ainda mais produtivo. Caso uma técnica não funcione para você, é possível tentar outras ou mesmo mais de uma simultaneamente.

O que achou desse post? Deseja contribuir com mais alguma técnica de gestão do tempo que não foi citada? Utilize os comentários e compartilhe suas experiências conosco!