Segurança no condomínio: qual é o papel dos moradores?

Segurança no condomínio: qual é o papel dos moradores?

Com o aumento da violência, roubos, assaltos e sequestros, muitas pessoas optam em morar em condomínios fechados ou em prédios para desfrutar de maior segurança. Mas para que o sistema de segurança no condomínio realmente seja eficaz, os moradores têm um papel importantíssimo e precisam tomar diversas medidas para colaborar.

Confira quais são elas e como o síndico pode orientar os moradores para deixar o condomínio ainda mais seguro.

Qual o papel do síndico na segurança no condomínio?

Dentre as funções do síndico, uma das mais importantes é explicar aos moradores de forma clara e objetiva como funciona o sistema de segurança do condomínio e como eles podem colaborar para deixá-lo ainda mais eficaz.

As formas mais eficientes para transmitir a mensagem é por meio de comunicados espalhados pelo condomínio, carta, e-mail e também abordando o assunto nas reuniões. A mensagem precisa tocar os moradores e fazê-los entender a importância de cumprir seus deveres quando o assunto for segurança do condomínio.

E como orientar os moradores a colaborarem?

Mostrar a importância de verificar a redondeza ao entrar ou sair

Antes de abrir a garagem do estacionamento ou entrar pelo portão do condomínio, os moradores precisam conferir se não há perigo na redondeza, se ninguém suspeito está passando pela rua ou se há carros estranhos cercando o local.

Se o condomínio contar com sistema de câmeras de segurança, antes de sair da garagem, também vale a pena verificar se não há nada de errado na rua. A maioria dos roubos de carros, assalto e sequestros acontecem no momento da entrada ou saída dos condomínios.

Esclarecer as regras de segurança no condomínio

Se o condomínio estabeleceu regras para que os condôminos desçam do carro na hora de entrar pelo portão ou desliguem os faróis e acendam a luz interna do automóvel, é preciso que eles sigam as regras. Elas foram criadas para verificar se os moradores e suas famílias estão em segurança.

Destacar o procedimento de identificação de visitas

Oriente os moradores para que, quando forem receber visitas, avisarem a portaria e já deixarem os dados da pessoa com o funcionário para facilitar a conferência e entrada do visitante. Peça, também, para que eles comuniquem o convidado sobre as regras de segurança, fornecer os dados necessários, tirar foto caso seja o procedimento ou entrar por um acesso voltado especialmente para visitantes. Dessa forma, o condômino evitará constrangimentos.

Explicar como funciona o sistema de alarme

Caso seu condomínio conte com o sistema de alarme, ensine todos os moradores a utilizá-lo com prudência, acionar e desligar quando necessário. Se for usado sem responsabilidade, deixar disparar a qualquer momento, quando for um disparo necessário, o chamado pode não ser atendido pela central de segurança.

Já se os condôminos não acionarem o alarme, deixarão o condomínio vulnerável e facilitando o trabalho de ladrões.

Divulgar o perigo de deixar cópias de chaves com terceiros

Explique os perigos de deixar as chaves do apartamento ou da casa com funcionários, amigos ou debaixo de tapetes de entrada, e destaque que esse tipo de atitude compromete a segurança de todos.

Agora que você já sabe como pode incentivar os moradores a colaborar com a segurança no condomínio, comece a abordar frequentemente o tema nas reuniões, enviar comunicados e aumentar o engajamento de todos a favor da segurança do condomínio.

Gostou das dicas, tem dúvidas ou gostaria de dividir conosco uma experiência? Então, deixe seu comentário!