Saiba como evitar conflitos sobre vagas de garagem em condomínio

Saiba como evitar conflitos sobre vagas de garagem em condomínio

A vida em comunidade tem seus desafios, e quem vive em prédios e condomínios sabe que motivos para conflitos entre vizinhos não faltam. Apesar do conforto e da segurança que um condomínio oferece, desavenças causam muito rebuliço e ameaçam a paz do lado de dentro do portão.

Sabemos que brigas por conta da garagem estão no topo das causas de dores de cabeça de síndicos e moradores. As questões são diversas, desde muito sérias, como furtos e danos aos carros, até disputa pelas vagas.

Para prevenir conflitos e incentivar o entendimento e a boa convivência entre os moradores, acompanhe no post de hoje como evitar discussões sobre vagas de garagem em condomínio!

Tenha uma convenção de regras do condomínio bem alinhada

Uma vez que o conflito está instalado, o primeiro passo para resolvê-lo é por meio da leitura da convenção do condomínio. Este documento com o conjunto de regras deve estar bem alinhado e escrito da forma mais clara e completa possível.

É imprescindível que ele contenha explicitamente tudo que pode e não pode ser feito, em detalhes e com uma linguagem clara, de modo que os moradores possam consultá-lo para sanar todas as dúvidas antes mesmo de pensar em começar a briga.

Nesta convenção, o condomínio deve determinar se algumas ações que costumam ser fontes de desavenças serão permitidas, como por exemplo: os moradores poderão guardar objetos ou motos no interior das vagas? Será possível destinar vagas para visitantes? Todos os aspectos devem ser contemplados de forma nítida.

Muitos condomínios, sobretudo os antigos, não dispõem de muito espaço e as vagas são escassas. Este fato não acompanha a crescente necessidade dos moradores, que costumam ter mais de um veículo que desejam estacionar.

Um outro assunto que gera muito falatório nos condomínios é a venda ou aluguel de vagas entre os moradores. Embora a lei permita esta prática, ela só pode ser aplicada caso esteja prevista na convenção. Como vemos, com base nesse documento, muitos problemas podem ser evitados.

Veja como mediar conflitos com segurança

Com o apoio da convenção, o síndico consegue mediar melhor os conflitos, uma vez que fica mais simples identificar quem está equivocado. Mesmo assim, se o morador persistir no erro, o síndico ou responsável não deve hesitar em aplicar multas ou penalidades, que devem estar bem expressas na convenção.

Certamente, o síndico deve agir com firmeza no papel de mediador, porém cabe usar também o bom senso a fim de evitar possíveis ações judiciais e problemas mais sérios de convivência entre os moradores.

Use a tecnologia a favor do condomínio

A tecnologia já está presente em diversos condomínios, que adotaram de vez sistemas de segurança para garantir mais sossego a todos. Entretanto, soluções tecnológicas podem ser usadas também para controlar o uso de vagas e valem o investimento para garantir que os problemas cessarão.

Primeiramente, especialmente em condomínios com muitos moradores, é importante investir em um sistema de cadastro de usuários e veículos autorizados. Assim, fica mais fácil garantir a segurança e controlar quem utiliza o espaço da garagem.

Um sistema bem interessante e que pode ser extremamente útil para lidar com conflitos, são recursos que permitem o controle de vagas. O morador pode cadastrar um número qualquer de usuários para utilizar sua vaga além dele mesmo, como, por exemplo, um familiar ou visitante frequente.

Ao mesmo tempo, o sistema está ciente do número de vagas que este morador possui, e caso o usuário tente entrar com mais um veículo que exceda seu limite, o sistema não permite sua entrada. Assim, ele estará impedido de utilizar a vaga de outra pessoa, mesmo que temporariamente, e um problema em potencial será evitado. Procure uma empresa especializada e experimente este recurso!

Atingir a paz perfeita no condomínio é um desafio complicado, especialmente quando se trata de vagas de garagem em condomínio. Porém, com regras bem desenhadas e uma ajuda da tecnologia, o difícil parece possível de se resolver!

Gostou no nosso post? Então compartilhe com os amigos nas redes sociais e ajude eles também a resolver problemas em seus condomínios!