8 dicas para melhorar a administração de condomínios

8 dicas para melhorar a administração de condomínios

Quer saber como ser um bom síndico e fazer uma ótima administração de condomínios? Organização, planejamento e transparência são apenas algumas das principais características para ter sucesso nesta tarefa. O post de hoje traz as melhores práticas para administrar condomínios e não se perder na tarefa. Acompanhe!

Mantenha-se organizado

Como síndico, é sua a responsabilidade gerir um sistema organizacional para os condôminos. Ser organizado é uma das coisas mais importantes que você precisa fazer para administrar um condomínio. É fundamental manter as contas e pagamentos em ordem, bem como os demais documentos de gestão. Mantenha um registro de todas as transações financeiras. Se você estiver fazendo qualquer contratação para o condomínio, não se esqueça de manter relatórios detalhados.

Lembre-se de que a organização não é apenas sobre como manter arquivos arrumados, é também sobre conhecer e utilizar as melhores ferramentas digitais para gerenciar seu condomínio.

Seja claro e comunicativo

Como síndico, você precisa falar com muitas pessoas. É sua responsabilidade manter os residentes informados sobre regras e demais assuntos pertinentes ao coletivo. Além disso, é sua função supervisionar o trabalho da limpeza e portaria.

Peça feedback

Juntamente com o boleto do condomínio, peça que os moradores deem feedback acerca das questões do condomínio e da sua gestão. Veja se águem tem alguma sugestão e dê um retorno sobre as solicitações. Ao discutir a necessidade de melhorias mensais, você vai evitar encontros constrangedores e conversas paralelas.

Mantenha um planejamento financeiro

Além das contas do dia a dia, como água, luz, materiais de limpeza e funcionários, coloque na planilha gastos como manutenção preventiva, limpeza de caixa d’água e um fundo para obras. Com base neste provisionamento de gastos é que você conseguirá acompanhar mês a mês o que está sendo pago, o que foi orçado e os seus recebimentos.

Evitar gastos além do orçamento

Uma boa gestão de condomínios consiste em evitar gastos além do orçamento. Por isso o controle e planejamento financeiros são tão importantes. Procure fazer, no mínimo, três cotações para cada demanda e não abra mão de todas as medidas que forem preventivas. Consertar um problema normalmente é bem mais caro do que o custo de uma manutenção.

Tenha atenção à escala de funcionários

É fundamental que o síndico tenha atenção na hora de fazer a escala de funcionários. Além da legislação ter que ser respeitada, atentando-se às pausas e descansos, é preciso verificar qual a real necessidade de cada um em cada turno.

Conte com assessoria jurídica e contábil

A fim de manter as finanças e as obrigações tributárias e trabalhistas em dias, tenha uma assessoria jurídica e contábil. Elas te ajudarão no recolhimento de impostos e outras questões inerentes à administração.

Tenha atenção à prestação de contas

O dinheiro e recursos que estão sendo administrados por você, enquanto síndico, são do condomínio. Fazer uma prestação de contas detalhada, anexando notas e orçamentos é fundamental para dar transparência e credibilidade à sua gestão.

Lembre-se: ser síndico não é ter autoridade máxima na administração do condomínio, mas sim representar o interesse de todos os condôminos. Para tomar decisões diferentes das corriqueiras, convoque assembleias. É importante ter o respaldo da maioria para posicionamentos que envolvam grandes gastos ou até mesmo substituição de funcionários.

E você, tem outras dicas sobre administração de condomínios? Compartilhe-as nos comentários!