5 tentativas de assaltos a condomínio mais comuns e como evitá-las

5 tentativas de assaltos a condomínio mais comuns e como evitá-las

1. Entregadores de mercadorias

Um dos tipos de assalto mais comuns se dá com os assaltantes se disfarçando de entregadores para ter acesso ao condomínio. Nesse método, os invasores dizem que os moradores já estão esperando o produto e insistem em entrar.

O porteiro pode se prevenir contra essa estratégia, ligando sempre para o residente para saber se ele está realmente esperando a mercadoria e se é possível recebê-la na própria portaria.

Uma tática muito recorrente nos dias atuais é o próprio bandido se passar por morador e ligar para a portaria autorizando a entrada do suposto entregador.

2. Oficiais de justiça ou policiais

Um método utilizado pelos bandidos para intimidar o porteiro é o de se apresentar como autoridade para forçar a entrada no condomínio.

O zelador do prédio tem que estar preparado para identificar se essas pessoas possuem mandado autorizado pela justiça para ter acesso à entrada.

3. Agente de saúde da Prefeitura

O tempo todo somos informados pelos canais de comunicação de que devemos receber os agentes de saúde para o combate da dengue. Muitos criminosos se utilizam desse apelo para roubar as residências.

Sempre que uma pessoa se apresentar como agente de saúde da prefeitura, o porteiro deve ligar para confirmar a visita – lembrando-se sempre de não ligar para o número fornecido no crachá, mas sim para o número da prefeitura da cidade.

4. Pessoas que se passam por moradores

Uma das artimanhas utilizadas pelos ladrões é esperar um dos moradores entrar ou sair do condomínio para passar junto sem que o porteiro perceba.

Uma opção que tem sido bastante utilizada atualmente é a instalação de controle biométrico, que permite o cadastro de todas as pessoas que têm acesso ao condomínio, como moradores e funcionários.

5. Carros parecidos com os das pessoas que moram no condomínio

Alguns bandidos são tão ardilosos, que usam veículos com as mesmas particularidades dos carros que pertencem aos residentes do condomínio para passarem despercebidos pela portaria.

Por isso, é tão importante ter um sistema integrado de controle de acesso, que envolva equipamentos, recursos humanos, normas e procedimentos a serem utilizados.

É necessário investir em suporte tecnológico eficiente, como os portões duplos intertravados, que impedem os assaltos a condomínios. Na área de recursos humanos, uma equipe de segurança que saiba lidar com o público em geral, sem se deixar inibir por invasores é fundamental.

As normas e procedimentos são fundamentais para a segurança, é preciso conhecer cada morador e possuir requisitos que devem ser seguidos obrigatoriamente.

A segurança que o acesso controlado oferece é um dos maiores motivos para se morar em residências com portaria. Por isso, o investimento e planejamento em proteção são tão importantes para evitar que assaltos a condomínios aconteçam.

Gostou do nosso post de hoje? Aproveite para nos seguir no Youtube, Facebook e Linkedin, redes nas quais compartilhamos mais dicas sobre segurança em condomínios.